21 de out de 2015

Tijuca entra na era dos edifícios empresariais

No Largo Atumã, um novo edifício comercial e corporativo: o Saens Peña Offices.

Croqui do empreendimento: lojas na planta baixa
Lentamente, a Tijuca vai entrando na era dos edifícios empresariais. Antigos terrenos baldios do bairro estão sendo ocupados por grandes incorporadoras que, fora do enfoque residencial, apostam na criação de novos polos médicos e de escritórios por aqui. No Largo Atumã, na esquina da Rua Almirante Cochrane com Santo Afonso, placas divulgavam até pouco tempo atrás o mais novo empreendimento local, o Saens Peña Offices. O que parecia demorar a sair do papel, já ganhou vigas, estruturas e até altura, ultrapassando claramente o gabarito da região.

“Você vai contar com o público de maior poder aquisitivo e com enorme potencial de consumidores dos bairros vizinhos” – este é o mote publicitário da Padrão Construtora W3 para atrair compradores e locatários para as 90 unidades do Saens Peña Offices. O Largo Atumã, atualmente utilizado como parada de kombis, deve ser repaginado com o empreendimento. Segundo a apresentação institucional, o térreo ganhará espaço para lojas nos mesmos moldes do Flamengo Tower Empresarial, no Largo do Machado, cuja planta baixa recebeu uma filial moderníssima da rede de lojas de roupa Renner.

Rua Engenheiro Enaldo Cravo Peixoto: localização estratégica junto ao Shopping Tijuca.

No entanto, um dos endereços mais cobiçados pelas construtoras é, sem dúvida, a Rua Engenheiro Enaldo Cravo Peixoto, a via que circuncida o Shopping Tijuca. Só neste trecho, são três empreendimentos em processo de lançamento: o Titanium Offices Tijuca, da Cyrela, já completamente erguido; o Tijuca Corporate, da João Fortes, cujo preço médio da cobertura é de R$ 700 mil; e o Corporate Tijuca, também da João Fortes, com 180 salas, 6 coberturas e 9 pavimentos.


Fora do coração do bairro, novas apostas 

Quase na divisa com o Rio Comprido, a Even Construtora e Incorporadora levantou o Haddock Business

Na Rua São Francisco Xavier, ao lado da Escola Orsina da Fonseca, a construtora Senpro levantou o SFX 111. O prédio, que tem 10 pavimentos e segue o padrão espelhado da arquitetura contemporânea, foi recém-inaugurado e vende suas salas comerciais a partir de R$ 480 mil. O marketing, assim como a do Saens Peña Offices, aposta nos atributos particulares da Tijuca como chamariz: “O cenário ideal para o seu negócio em uma das áreas comerciais mais valorizadas do bairro com o charme e a tradição da Tijuca”.

As bandas da Rua Haddock Lobo, até então residenciais, também não escaparam aos olhos dos investidores. O maior desses empreendimentos listados, o Haddock Business, foi entregue pela Even Construtora e Incorporadora em maio deste ano. Localizado em frente ao tradicional clube tijucano Casa da Vila da Feira e Terras de Santa Maria, o terreno era ocupado antigamente por um estacionamento. O empreendimento conjuga salas comerciais de 23m² a 52m² e lojas de 105m² a 150m² quase na divisa com o Rio Comprido, indicando que a fronteira comercial e empresarial tem potencial de expansão para além da Praça Saens Peña, o tradicional coração financeiro do bairro.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...